Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Biblioteca da Inês

A Biblioteca da Inês

Dom | 02.09.18

Muita calma nessa hora

Inês Martelo

Setembro já chegou e é para muitos um momento de viragem. Após a reflexão de verão, em que nos conseguimos aperceber do que resultou melhor e menos bem, setembro costuma vir acompanhado para muitos de novas resoluções, novos hábitos e novas formas de estar para o decorrer do próximo ano.

Para quem, de qualquer maneira possível, está envolvido no recomeço escolar... Bem, boa sorte! Apesar de o ano letivo começar oficialmente entre 12 e 17 deste mês, para muitos (sobretudo valências de creche, pré-escolar e CATL/CAF) a entrada ou reentrada para a escola começa amanhã. Sejam profissionais, pais ou crianças, um pequeno conselho de quem já viveu isto algumas vezes: muita calma nessa hora. Setembro é um mês desgastante para todos, pois não só é o retomar das rotinas e o regresso aos horários para cumprir, como também traz a ansiedade das adaptações.

As férias, claro está, são fundamentais para todos: descansamos e conseguimos quebrar a rotina, fazer atividades que frequentemente não são possíveis de realizar no nosso dia-a-dia, conhecer sítios novos, estarmos mais tempo com quem mais amamos e inspirar-nos no que nos rodeia. Mas sejamos sinceros: voltar, apesar de fundamental, é simplesmente uma treta!

Então, claro está, setembro é sempre um dos meses mais stressantes e no qual, sobretudo nos adultos, o autocontrolo tem de estar o mais desenvolvido possível. As birras, o choro na despedida e a adaptação a uma nova sala/amigos/adultos gera sempre ansiedade, por mais ligeira que seja, sendo, simultaneamente, essencial que haja um clima de tranquilidade e segurança. É uma gestão semelhante a fazer malabarismo enquanto se pedala num monociclo, que vai em cima de um elefante, que por sua vez se está a equilibrar numa bola, enquanto tudo à volta está a arder. Sim, é tipo isso.

3302e16a3b68e6ffa230ac3ced9d00c1.jpg

Por isso, agora especialmente para os colegas, animem-se, é difícil, mas todos conseguimos. Estamos frescos e fofos, prontos para arregaçar as mangas! E ainda sabemos de antemão que, no final do mês, os meninos já nem parecem as criaturas estranhas dos primeiros dias, já se tendo tornado nos nossos meninos.

Bom ano letivo 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.