Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Biblioteca da Inês

Um blog sobre a minha paixão pelos livros infantis e exemplos de como os desenvolver em educação de infância

12.08.20

Livraria Lello


Inês Martelo Ribeiro

Olá a todos!

A Biblioteca da Inês não tem publicações novas há algum tempo, mas nem por isso está em total repouso! Algumas novidades estão em preparação, umas que serão visíveis já em agosto, outras que entrarão no ativo a partir de setembro.

Ainda assim, não queria deixar de partilhar uma visita que fiz durante as minhas férias. Ainda que o meu destino tenha sido para um sítio mais sossegado, em Resende, nas viagens de ida e vinda aproveitei para conhecer um pouco outras zonas do país. Uma delas, na viagem de partida, foi o Porto. Apesar das limitações que o COVID-19 impõe, não quis deixar de passear pelas principais avenidas e monumentos ao ar livre. Confesso que, enquanto passeava, me lembrava muito da viagem a Madrid.

IMG_20200706_154139.jpg

Porém, houve um local que fiz questão de entrar: a Livraria Lello. Apesar das mais recentes notícias de que, afinal, J. K. Rowling não teria visitado este lugar, sendo um local tão único e repleto de uma das minha "coisas" preferidas (livros!), não perdi a oportunidade de entrar. Uma vez que é um local muito requisitado e apenas podia entrar um número reduzido de clientes de cada vez, estive na fila, com as devidas distâncias de segurança, durante aproximadamente 45 minutos.

IMG_20200706_155938.jpg

Ainda assim, valeu a pena. O valor do bilhete é de 5€ por pessoa e pode ser deduzido nas obras que são compradas. Ao entrar, senti-me arrebatada pela beleza do espaço, com a grande escadaria em destaque. As estantes são enormes, com bastantes pormenores, e o teto e janelas têm grandes vitrais coloridos, que deixa entrar alguma luz natural.

IMG_20200706_161033.jpg

O espaço está decorado com objetos antigos e que dão ainda mais encanto, tais como uma máquina de escrever ou uma vitrine com exemplares antigos de clássicos da literatura. Haviam disponíveis para compra muitos exemplares de bolso dos referidos clássicos e em diversas línguas e, inclusivamente, havia uma secção apenas para o Pinóquio. No andar de cima, havia uma enorme variedade de estilos literários, dos mais diversos temas, com edições especiais.

IMG_20200706_161405.jpg

A minha parte preferida estava no piso de baixo, divida pelos dois lados. No lado direito, estavam dispostos vários livros escritos em português, com especial destaque para a coleção sobre a própria Livraria Lello, na qual haviam vários mini livros com a sua história e a própria caixa se montava e formava a loja.

IMG_20200706_160409.jpg

No lado esquerdo, nas mais diversas línguas, estavam livros absolutamente espetaculares, não só pelas suas histórias, mas sobretudo pela sua apresentação. Eram na maioria livros POP-UP e com alguma forma de interação com o público. O que trouxe foi o "The Carousel of Animals", da autoria de Gerard LoMonaco e publicado pela Little Gestalten (partilhei, em julho, pelo Instagram).

IMG_20200706_160200.jpg

Apesar de ter adorado esta visita, e repetiria com certeza, achei que poderiam haver disponíveis livros em português em mais qualidade e quantidade. A grande maioria eram noutras línguas, destinados aos turistas internacionais (e percebo!), mas penso que, na nossa língua materna, a literatura infantil era escassa e pouco rica. Teria sido importante manter a missão que apresentam (no website e outros meios de comunicação), a de ajudar a divulgar a literatura portuguesa.

IMG_20200706_155909.jpg

E por aí? Já visitaram esta livraria? Qual foi a vossa opinião?

IMG_20200706_161030.jpg

Boas leituras e boas férias (a quem as estiver a desfrutar)

Nota: Nenhuma foto foi editada

1 comentário

Comentar post